quarta-feira, 20 de maio de 2015

Leitura - a quem importa?





 Minha nova coluna acaba de sair no portal http://www.artistasgauchos.com.br








Leitura – a quem importa?


 


Não se faz leitura apenas no suporte livro impresso; ou livro físico, como é denominado o impresso depois do advento do digital.


Quando alardeamos que a escola prioriza a hora do conto e a leitura nas classes iniciais do ensino fundamental  e se desincumbe de dar  continuidade à formação do leitor nas classes posteriores e no ensino médio, podemos estar julgando a partir de dados insuficientes.


O ensino e a aprendizagem da leitura constituem ações a serem desencadeadas com  crianças e com  jovens, enquanto alunos. Porém, à medida que o aluno avança nos anos escolares, parece que o afastamento da leitura torna-se imperativo.  A sociedade, a atividade profissional, os meios de comunicação, as redes sociais que hoje imperam em todas as faixas, na maior ou menor medida, irão exigir do sujeito, autonomia em relação à leitura e interpretação de um texto, seja uma instrução, um relatório, uma ordem de serviço, uma lei ou uma bula de remédio. Sabemos que nem todos precisarão ou irão escrever com o rigor da escrita, mas ler será para a vida toda. Para todos, indistintamente.


Deste ponto de vista, podemos, sim, afirmar que a leitura vem se fazendo, dentro e fora da escola, em livros e em outros tantos materiais ditos físicos ou digitais.


 
 clique aqui para continuar a leitura: http://www.jacirafagundes.com)








Nenhum comentário:

Postar um comentário